Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

EBD: O PODER E O MINISTÉRIO DA ORAÇÃO (4º Trimestre de 2010)

Imagem
INTRODUÇÃO AO ASSUNTO DO TRIMESTRE
     Visto que Deus deseja ter comunhão conosco (2Cr 7. 14; Is 65. 24), que Ele também ordena a seus servos que estabeleçam com Ele um contato contínuo (Jr 33. 3a), e, já que através deste contato ou comunhão íntima com Deus, o homem só pode colher resultados benéficos (Is 41. 17), o estudo sobre a oração torna-se, portanto, um assunto de elevada importância para o desenvolvimento da nossa vida espiritual e devocional.
     Ao estudarmos sobre oração, devemos ter em mente que, melhor do que o estudo em si, a própria prática da oração em si é superior a qualquer declaração dogmática a seu respeito. A importância da oração como prática espiritual está refletida em toda a abordagem bíblica sobre este tema e na influência que exerce sobre a vida dos cristãos praticantes. Vemos isto nos exemplos bíblicos que temos dos grandes guerreiros da oração; nos modelos de orações que saturam o texto bíblico e nas frases de célebres homens de Deus, como por exemplo:
  …

A Visão Bíblica sobre a Política – Parte 1 de 3

Imagem
Iniciaremos aqui um estudo de três partes, onde abordaremos o parâmetro bíblico que norteia o comportamento ético do crente (e de qualquer cidadão de bem) no assunto “política”.
     Antes de nos determos sobre este tão polêmico assunto, faz-se necessário dar alguns esclarecimentos:
Como sempre, em assuntos polêmicos, questão de opinião não se discute;
Não temos o objetivo de constranger ou ofender quem quer que seja, através deste estudo bíblico;
Aqui daremos nosso parecer pelo que entendemos ser dito nas Sagradas Escrituras e nos informes históricos que dispomos sobre este assunto;
Será muito proveitoso para o querido leitor analisar meus argumentos e o contexto bíblico/histórico sobre o tema antes de formular críticas descabidas, caso não concorde com nossa posição;
Não temos o objetivo de forçar ninguém a pensar igualmente a nós.
Estamos abertos a receber apontamentos de nossos leitores desde que bem fundamentados.
     O período de campanha eleitoral está se findando e a hora de esc…

EBD: Lição 13 – A Missão Profética da Igreja

Imagem
      Sem dúvida, a igreja é a instituição espiritual de Cristo que foi idealizada com o objetivo de dar continuidade à sua obra na terra (Jo 14. 12; At 1. 8). Esta obra é anunciar a salvação, ou seja, é uma obra essencialmente missionária (1Pe 2. 5), e esta salvação vem pela pregação da Palavra de Deus (Rm 10. 17), contida na mensagem do evangelho (Rm 1. 15, 16). O Evangelho é a mensagem que traz o plano divino de salvação, revelado no objetivo de Deus em demonstrar seu poder e sabedoria em unir judeus e gentios em um só rebanho, formado por aqueles que cressem na mensagem da cruz, que é a base do evangelho (1Co 1. 18-24; Ef 1. 3-13).
     Nesta lição veremos a relação entre a mensagem profética do evangelho e a missão da igreja, idealizada por Cristo.

Nova lição de EBD para o próximo trimestre: O Poder e o Ministério da Oração

Imagem

EBD – Lição 12: O Tríplice Propósito da Profecia

Imagem
Nos dias de hoje é tão importante para o crente saber o propósito real da profecia tanto quanto era para os crentes coríntios dos tempos de Paulo. Pois é assim que a igreja saberá como usá-los (os dons, incuindo o de profecia) para o bom desenvolvimento da sua missão na terra.
I.  OS DONS ESPIRITUAIS
     Paulo era consciente da desordem do culto na igreja de Corinto (1Co 14. 26, 40). Ele escreveu seu extenso conteúdo sobre o assunto na carta que enviou aos irmãos coríntios visando fazê-los entender as verdades éticas e espirituais envolvidas na manifestação e uso destes dons no culto. Vejamos algumas das explicações que Paulo expôs aos irmãos para seu melhor entendimento sobre o assinto:

Ser Feliz (Poema)

Imagem
Ser feliz/ É saber amar/ Quando não se é amado/ É ter que esperar/ Um novo dia amanhecer/ Para que a esperança possa fazer/ O amor nascerSer feliz/ É ver a chuva/ E enxugar as lágrimas/ Daquele que procura/ Alguém em quem ter forças/ E possa confiar/ A ponto de desabafar/ Os seu problemasSer feliz/ É poder plantar/ Uma flor em todo lugar/ Onde a vida não estáSer feliz/ É estender a mão/ Perdoar de coração/ Mostrando o amor de Deus/ Que nos oferece a libertaçãoSer feliz/ É saber sorrir/ Na hora da tristeza/ Achando forças na própria fraqueza/ E, assim, brilhar/ Como a lua ilumina o mar/ Numa noite de escuridão/ É deixar Deus encher de amor nosso coraçãoSer feliz/ É não viver pra si mesmo/ É saber guardar o segredo/ Até a hora certa de revelarSer feliz/ É saber que a vida não é um brinquedo/ E que temos de perder o medo/ E  então, com fé, deixar/ Deus nos guiarSer feliz/ É andar com Jesus/ Carregar nossa cruz, jamais saindo da luz/ E assim, viver/ E a si mesmo se negar/ Ser livre pra so…

EBD - Lição 11: O Dom Ministerial de Profeta e o Dom de profeta

Imagem
A atualidade dos dons espirituais é asseverada pela doutrina pentecostal, que por sua vez afirma apoiar-se numa interpretação bíblica sadia dos textos referentes às manifestações carismáticas da igreja primitiva, que estão explícitas no livro de Atos dos Apóstolos, detalhadas nas explicações encontradas nas cartas de Paulo e confirmadas nas mesmas manifestações destes dons durante a história da igreja.
     Sempre existiram igrejas tradicionais, em que as manifestações dos dons eram muito raras, para não dizer inexistentes. Isto deve-se ao fato de tais igrejas crerem que os dons espirituais (como no caso do dom de profecia) ficaram resignados somente ao tempo dos apóstolos do Séc. I. No entanto, entendemos que a igreja, que foi chamada para pregar e testemunhar o evangelho e é capacitada pelos dons para cumprir satisfatoriamente o “Ide” de Cristo (At 1. 8), será sempre suprida por estes dons (At 2. 39), para cumprir a sua missão de evangelizar até o dia em que Cristo v…

Deus existe sim! Argumentos sobre a existência de Deus.

Imagem
Neste estudo, que é mais dedicado aos céticos e agnósticos e aos que são contrários à Fé (os ateus) trataremos, com base bíblica, mas principalmente com base filosófica, sobre os argumentos que “provam” que Deus existe.Desejamos apenas declarar que com este estudo não queremos impor a fé para os que discordam de nossa posição, mas sim que queremos usufruir da liberdade de mostrarmos esta posição com mais detalhes.  
I. A EXISTÊNCIA DE DEUS
      QUEM É DEUS?  Esta pergunta seria bem solucionada se todos os mistérios da vida nos fossem patentes (Dt 29. 29). No entanto, alguns filósofos arriscaram dar uma definição de Deus a seu modo, buscando desvendar este mistério através da sua própria razão e imaginação limitada. Vejamos o que eles disseram sobre Deus e suas implicações:

VERIFICAÇÃO BLOGBLOGS

Um Homem Diferente (Poema)

Imagem
Vejo um homem diferente/ Andando com os pés descalços ao chão/ Ao ver os perdidos, tristeza Ele sente/ E ainda assim, continua a pregar a salvaçãoVejo um homem diferente/ Que diz: “Vinde todos os cansados a mim, pois aqui estou,/ Tomai sobre vós o meu jugo,/ Pois é leve o fardo que vos dou”Em cada lugar se faz ouvir a Sua voz/ Palavras de amor que ainda estão a clamar,/ O Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós/ Para a vida eterna nos darVejo um homem diferente/ Que se humilhou para nos exaltar,/ Morrendo a fim de nos dar vida/ Para ao céu infinito nos levarVejo um homem diferente/ Que diz: “Não se turbe vossos corações,/ Credes em Deus e em mim igualmente,/ Porque irei vos preparar eternas mansões” Foi Ele quem multiplicou os pães/ Foi Ele que escolheu nossa cruz tomar/ E é Ele quem nos chama das multidões/ Para à casa do Pai nos levarVejo um homem diferente/ Ensinar que temos de nascer de novo/ Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida/ E só por Ele, o homem chega ao CriadorVejo um…

Lei versus Graça em Paulo (Parte 1)

Imagem
Mostraremos a seguir algumas provas de que a lei mosaica (que é o centro do Antigo Concerto) teve fim em Cristo, que nunca se aplicou a nós e que agora, na dispensação da graça, nem mesmo os judeus precisam guardá-la como meio de alcançar a salvação.
    Não é preciso dizermos que quando na Bíblia mostra Deus falando que o sábado é um sinal entre Ele e seu povo ele está se referindo ao povo de Israel e não à nós, gentios. Já que a aliança mosaica era parte do pacto que Deus fez com Abraão, quando lhe prometeu uma descendência e uma terra para esta descendência. Veja:
“tu (Moisés), pois, fala aos filhos de Israel, dizendo: certamente guardareis meus sábados, porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o SENHOR, que vos santifica” (Êx 31. 13).
“entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, e, ao sétimo dia, descansou, e restaurou-se” (Êx 31. 17).

Lição 10: O Ministério Profético no Novo Testamento (Resumo)

Imagem
É necessário resumirmos esta lição através de uma tabela comentada, que abordará o assunto de maneira panorâmica. Isto significa que não trataremos da lição em seus detalhes, visto serem fáceis de assimilar, tanto por professores quanto por alunos da EBD. Nesta tabela resumiremos o tema de forma suscinta, analisando seus pontos mais difíceis de entender. O Professor poderá usar esta tabela em sua ministração diante dos alunos da melhor maneira que achar.      Esta tabela consiste em uma linha do tempo que demarca o desenvolvimento da profecia durante a formação dos livros canônicos que integram a Bíblia. Veremos este desenvolvimento desde a época da formação da Bíblia até os tempos de hoje, analisando as diferentes características da revelação e do ministério profético assumidas no decorrer deste tempo de formação do cânon. Isto nos proporcionará uma comparação entre a profecia do Antigo Testamento com o ministério profético do Novo Testamento, além de uma aplicação prática para com…