Um Homem Diferente (Poema)

             

Vejo um homem diferente/ Andando com os pés descalços ao chão/ Ao ver os perdidos, tristeza Ele sente/ E ainda assim, continua a pregar a salvação

Vejo um homem diferente/ Que diz: “Vinde todos os cansados a mim, pois aqui estou,/ Tomai sobre vós o meu jugo,/ Pois é leve o fardo que vos dou”

Em cada lugar se faz ouvir a Sua voz/ Palavras de amor que ainda estão a clamar,/ O Verbo de Deus se fez carne e habitou entre nós/ Para a vida eterna nos dar

Vejo um homem diferente/ Que se humilhou para nos exaltar,/ Morrendo a fim de nos dar vida/ Para ao céu infinito nos levar

Vejo um homem diferente/ Que diz: “Não se turbe vossos corações,/ Credes em Deus e em mim igualmente,/ Porque irei vos preparar eternas mansões”

Foi Ele quem multiplicou os pães/ Foi Ele que escolheu nossa cruz tomar/ E é Ele quem nos chama das multidões/ Para à casa do Pai nos levar  

Vejo um homem diferente/ Ensinar que temos de nascer de novo/ Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida/ E só por Ele, o homem chega ao Criador

Vejo um homem diferente/ Dizendo: “Para o Pai agora eu vou/ No mundo tereis aflições, mas não temais,/ Pois eu o venci, e minha vitória voz dou”

Foi Ele quem ressuscitou a Lázaro/ Foi Ele que acalmou o mar/ É ele quem nos dá amparo/ E está aqui para nos abençoar

Vejo um homem diferente/ Traído pelo beijo de alguém que Ele tanto amou/ Foi preso, julgado e condenado/ Tudo isso, para salvar o mundo pecador

Vejo um homem diferente/ Inocente, carregando a cruz/ Tomou sobre si o pecado que nos prende/ E agora, ao rumo certo nos conduz

Foi Ele quem morreu em teu lugar/ Foi Ele que se deixou maltratar/ Pés e mãos pregados a derramar sague/ Sangue puro, que tem poder pra te curar

Sendo rico, Ele se fez pobre/ Sendo bênção, Ele recebeu a maldição/ Sendo a Vida, se humilhou como um servo/ Obedecendo ao Pai até a morte por crucificação

Vejo um homem diferente/ Que morreu e ressuscitou/ Onde você está, Ele está presente/ E te diz:”A minha Paz vos dou./ É-me dado todo o poder nos céus e na terra/ Eu vos envio assim como o Pai me enviou”

“Ide por todo o mundo/ Pregai o evangelho a toda a criatura/ Sempre estarei convosco/ Até a minha vinda futura”

“Eu sou o Alfa e o Ômega,/ Do mundo, sou a única Luz/ Por vós, numa dura cruz morri/ E agora vivo, pois EU SOU JESUS”

Pecador, medita nesta mensagem/ A única que à salvação te conduz!/ Este homem diferente é a Vida Eterna/ O nome deste homem é JESUS

Este homem diferente é a Vida Eterna,

O nome deste homem é JESUS

                                     Um poema de Pedro M. A. Júnior

Postagens mais visitadas deste blog

O Crente Tíquico

Deus existe sim! Argumentos sobre a existência de Deus.

Jovens Cristãos: 20 Consequências da Masturbação