Devocional: O abadá dos crentes.


"...Porque os filhos deste mundo são mais sagazes para com a sua geração do que os filhos da luz" - Lucas 16:8.
     ...E mais uma vez uma nação pára e se prostra diante do carnaval...
     Estamos vivenciando um momento que se repete a cada ano em nosso país, cujo clima - a meu ver - deve ser bem compatível com aqueles três dias onde Jesus esteve sepultado antes de Sua ressurreição. Tal como foi naquele momento, nesses dias de carnaval - é dado ao império das trevas liberdade sem igual para que desempenhem a arte em que eles são peritos - roubar - matar e destruir.
     Muitas vidas serão marcadas para sempre por consequências desastrosas geradas a partir de atos pecaminosos e outros tantos serão de vez separados para toda eternidade num inferno de tormentos!
     Lamentável que a humanidade caminhe a passos largos para a destruição e poucos são os que aproveitam - ainda - a longanimidade de Deus e se desviam desse caminho de morte e agarram tão grande salvação proporcionada em Cristo Jesus!
     Agora, há outra situação lamentável. Surpreende-nos ainda mais é o desprendimento que os filhos das trevas possuem para coisas que atendam as suas demandas.
     Enquanto temos que "martelar" para que os filhos de Deus se sintam sensibilizados com a causa do Evangelho do Reino e possam contribuir a fim de socorrer e manter trabalhos evangelísticos, os praticantes das mundanas paixões não se intimidam diante do que terá que desembolsar acerca de tudo que se relaciona a tais paixões.
     É até difícil de explicar a variação de valores. Por exemplo: Hoje, um cidadão carnavalesco (ou cidadã) se orgulha de pagar - pasmem todos - novecentos reais ou mais POR DIA de aluguel de um *Abadá (**alguns lugares o aluguel chega a 1.300). No entanto, se essa mesma pessoa um dia se tornar cristã - dificilmente ela dará uma contribuição assim para causa do Reino, pois, isso lhe parecerá extremamente pesado ou até mesmo indigno. (Nos faz lembrar daquela historinha que circula na internet - dar cem reais de oferta é muito, mas gastá-la no shopping é pouco).
     Portanto, enquanto filhos das trevas são ágeis em suas "contribuições" para as trevas, os filhos da luz - questionam, pensam, ficam indecisos, fazem juízo, e muitos ficam apenas na "intenção" enquanto o tempo passa e para alguns o alívio demora chegar.
     Talvez alguém questione: Mas, o carnaval é só três ou quatro dias? OK, que seja três dias e levemos em conta apenas o aluguel do tal abadá (desprezando tudo o mais), portanto, são três vezes novecentos reais, totalizando-se dois mil e setecentos reais - que se dividido por 12 meses dará R$241,67 por mês. Sejamos honestos, quantos de fato se sentiriam a vontade para investir com alegria (2 Coríntios 9:7) no Reino essa quantia por mês?
     Os cristãos possuem a mente de Cristo, assim, são divinamente instruídos acerca desse assunto - se devem - onde devem e quanto devem - contribuir!
     Que façamos uma boa reflexão sobre os assuntos em pauta!
     *Abadá - trata-se de um tipo de bata ou camisolão branco usado pelos negros que aqui aportaram como escravos. É uma palavra de origem africana, do yorubá, trazida pelos negros malês para a Bahia. Eles a usavam em suas rezas e também para jogar capoeira!
**http://g1.globo.com/Carnaval2009/0,,MUL950026-16634,00.html
por Vilson Ferro Martins 

Fonte: Voz do Trono

Postagens mais visitadas deste blog

O Crente Tíquico

Deus existe sim! Argumentos sobre a existência de Deus.

Jovens Cristãos: 20 Consequências da Masturbação