Notícia: Bispo Edir Macedo causa polêmica ao afirmar durante culto que bebe cerveja. Confira o áudio da pregação no Youtube


     Durante o chamado “Santo Culto” da Igreja Universal, gravado no dia 30 de Janeiro e postado o áudio no Youtube, o bispo Edir Macedo confessa que bebe cerveja. No sermão, o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus falava sobre a diferença entre a fé e a religião, dizendo que a religião impõe restrições e obrigações, mas a fé não. 
 
     No áudio, gravado em baixa qualidade mas contendo todos os trejeitos das pregações do Bispo, Macedo afirma: “Deus nos deu a fé para que a gente decida o que é melhor pra nós. Não tem nada a ver com religião. A religião evangélica proíbe beber vinho, é ou não é? Mas eu bebo o vinho, eu bebo um cálice de vinho. A religião proíbe beber cerveja, mas eu bebo cerveja quando eu estou com vontade eu bebo e acabou! E quem é que vai me dizer pra eu não beber?”, disse. 
 
     Ciente do peso de suas palavras, Edir Macedo afirma que o fato dele beber não pode ser levado em conta para que outras pessoas façam o mesmo. “Eu não estou dizendo pra você beber ou não beber. Isso é problema seu! A sua fé é quem tem que dirigir a sua vida e não a minha fé”.
    Já prevendo o escândalo que suas declarações causariam ele diz: “A fé que Deus nos dá faz a gente ser livre!” No final do trecho divulgado o bispo ainda diz em tom de brincadeira “se beber não dirija”.

Para o bispo Macedo a religião e a prática da fé obedecem princípios diferentes.
     Em outras pregações com o mesmo tom enfático, o Bispo também já causou polêmica ao afirmar que pastores com mulheres preocupadas com a Obra não conseguem fazer a igreja crescer porque as esposas seriam uma pestinha como “um piolho no saco do Pastor”. 
 
     No Youtube comentários sobre a nuance da voz que começa normal e depois fica alternando entre grave e média dominam a a página do vídeo, porém técnicos já analisaram e afirmaram que o problema é devido a baixa qualidade do gravador utilizado para registrar o áudio, porém em todo o som a é a voz do Bispo Edir Macedo só que mais grave. 
 
     Prevendo a polêmica o Bispo publicou dias depois em seu blog um texto falando ainda mais sobre o tema fé e religiosidade, reforçando que a “comunhão com Deus só é possível na base espiritual”. Macedo também afirmou que “o primeiro e maior objetivo das religiões é barrar a entrada de pessoas pensantes no Reino de Deus. Em seguida, manter os já “fisgados”, acomodados na fé emotiva”. 
 
    Nos cultos da Igreja Universal não é possível utilizar câmeras de vídeo, por isso é comum fiéis da igreja utilizarem gravadores para registrarem as pregações do Bispo Macedo e poderem ouvir novamente depois. 
 
Fonte: Gospel+
 
     NOSSA OPINIÃO
 
    A despeito das defesas dos fiéis da igreja Universal ao seu líder, prefiro continuar com a Bíblia, que diz:
Levítico 10:9:  Vinho ou bebida forte tu e teus filhos contigo não bebereis, quando entrardes na tenda da congregação, para que não morrais; estatuto perpétuo será isso entre as vossas gerações.
Provérbios 23: 20, 31: Não estejas entre os beberrões de vinho, nem entre os comilões de carne. Não olhes para o vinho, quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente.
Provérbios 31:4  Não é próprio dos reis, ó Lemuel, não é próprio dos reis (líderes, bispos) beber vinho, nem dos príncipes (dirigentes, pastores) desejar bebida forte.
Jeremias 35: 13, 14  Assim diz o SENHOR dos Exércitos, o Deus de Israel: Vai e dize aos homens de Judá e aos moradores de Jerusalém: Porventura, nunca aceitareis instrução, para ouvirdes as minhas palavras? —diz o SENHOR. As palavras de Jonadabe, filho de Recabe, que ordenou a seus filhos que não bebessem vinho, foram guardadas, pois não beberam até este dia; antes, ouviram o mandamento de seu pai; a mim, porém, que vos tenho falado a vós, madrugando e falando, vós não me ouvistes.
Daniel 1:8  E Daniel assentou no seu coração não se contaminar com a porção do manjar do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto, pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar.
Oséias 7:14  E não clamaram a mim com seu coração, mas davam uivos nas suas camas; para o trigo e para o vinho se ajuntam, mas contra mim se rebelam.
Habacuque 2:5  Tanto mais que, por ser dado ao vinho, é desleal; um homem soberbo, que não se contém, que alarga como o sepulcro o seu desejo e, como a morte, que não se farta, ajunta a si todas as nações e congrega a si todos os povos.
1Coríntios 6: 10: Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus.
Efésios 5:18  E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito,
1Timóteo 3. 2, 3: Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento.
Tito 1:7  Porque convém que o bispo seja irrepreensível como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância;
     Alguém pode  querer mostrar 1 Timóteo 3:8: “Semelhantemente, quanto a diáconos, é necessário que sejam respeitáveis, de uma só palavra, não inclinados a muito vinho, não cobiçosos de sórdida ganância”, e dizer que a Bíblia condena a pessoa que bebe muito vinho, ou seja, muita bebida. Note que a Bíblia dá vários mandamentos nos versículos que mostramos acima:
  • NÃO VOS EMBRIAGUEIS.
  •  NÃO BEBEREIS VINHO OU BEBIDA FORTE.
  • NÃO OLHES PARA O VINHO.
     Outros pontos importantes das escrituras quanto às bebidas com teor alcoólico são as suas consequências: provocam brigas e perda do domínio próprio (PV 20:1), empobrecimento (PV 23:20 e 21), contenda (PV 23:29 e 30), mortes (PV 23: 31-33), injustiça (PV 31: 4 e 5), corrupção dos costumes decentes (HC 2:15), quem bebe não percebe a volta de Jesus (1 TS 5:5 a 9) e a perda da salvação eterna (1 Co 6:9 e Ap 21:8). 

     Não ser inclinado ao muito vinho é manter a obediência a esses mandamentos, pois quem começa com uma gota, mais tarde quer a garrafa toda.

       A bíblia diz pra nem olhar para o vinho! Quanto mais sobre o beber ele! (Pv 23. 31). E por que Timóteo tomava vinho? Ele o tomava por causa de seu efeito medicinal. Lembre que esse efeito medicinal era administrado pela adição de água ao vinho, e não vinho puro (1Tm 5. 23). A água suja dos tempos de Timóteo causava-lhe dores no estômago. O vinho misturado diminuiria a alcalinidade da água. Além de dirimir o efeito embriagante do vinho, por misturá-lo à água.

      Mas Jesus não bebia vinho com os apóstolos? Tem diferença nas palavras gregas usadas para descrever o vinho. Quando se refere a vinho literalmente embriagante, usa-se a palavra “sikera” (Lc 1. 15). A Palavra geral para vinho é “oinos” e pode significar tanto suco de uva fermentado ou não fermentado. Isso depende do contexto. Jesus nem fabricou vinho como também não usou vinho embriagante para instituir a Santa Ceia. Para mais detalhes, veja um estudo bíblico clicando aqui.

Technorati Marcas: ,

Postagens mais visitadas deste blog

O Crente Tíquico

Deus existe sim! Argumentos sobre a existência de Deus.

Dúvida bíblica: Qual a diferença entre alma e espírito?