O MILAGRE DA FÉ

...Não temas, crê somente" (Mc 5. 36).

      O inverso da fé não é a incerdulidade, é o medo (Jo 14. 1).
      O medo desagrada tanto a Deus quanto a falta de fé (Hb 11. 6), mesmo porque a falta de fé é a razão de ser do medo (Mt 14. 30, 31). O medo faz com que o ser humano se afaste das suas realizações e se esqueça que o seu Criador é benevolente e compassivo o suficiente para nos transmitir a sua presença e aconchego nas horas em que a fé dá lugar ao medo e à insegurança (Êx 33. 14; Mt 14. 25-27).

      O medo é um impecilho no relacionamento com Deus. A primeira vez que esta palavra aparece na Bíblia encontra-se na tentativa frustada que Adão empreendeu ao se esconder de Deus no momento em que ouviu sua voz ecoando pelo Éden, logo após ter pecado contra o Senhor (Gn 3. 9, 10). Sua tentativa de se esconder de Deus é uma demonstração que ele estava com medo do castigo pelo seu desobediente ato.



      Com o relacionamento com Deus rompido (Is 59. 2), Adão teve certa razão em temer, pois sabia que havia desobedecido a um mandamento expresso diretamente pelo Criador e era merecedor da punição pelos seus atos. Penso comigo que ele lembrava-se das palavras ditas pelo Senhor: "...no dia em que dela comeres, certamente morrerás" (Gn 2. 17).

      Deve ter sido o medo de morrer que fez Adão fugir da presença de Deus, mas, enquanto Adão tentava fugir, Deus o buscava... e o encontrou (Gn 3. 9). Não é bom tentarmos nos esconder de Deus. Na verdade isso só vai piorar a situação (Jn 1. 3-17). 

      Mesmo os mais admirados homens de Deus pasaram por épocas em que o medo foi mais forte do que sua fé, e por isso se esconderam, mas mesmo com sua fé abalada, puderam, assim como Jairo, escutar a voz do Senhor dizendo: "Não temas, crê somente" . Dentre estes homens podemos encontrar Moisés (Êx 2. 14, 15, 23-25; 3. 1-6), Gideão (Jz 6. 11-16) e Elias (1Rs 19. 1-18). 

     Você ouviu alguém te dizer que pra você não tem mais solução e está pensando em se desesperar e perder a fé (Mc 5. 35, 36)? Ore como o pai do menino epilético: "...ajuda-me na minha falta de fé" (Mc 9. 19-27) ou como os discípulos: "aumenta-nos a fé" (Lc 17. 5).

     Você pode ouvir Deus chamando o seu nome? Ou será que seu medo de se abrir para a vida o impede de ouvir a doce voz do Senhor que quer te consolar e encorajar? Você vai escolher continuar fugindo, enquanto seus problemas só aumentam e nunca têm uma solução? Vai permitir que o seu medo vença a sua fé e te afaste do milagre de andar sobre as águas das circunstâncias?

      Permita que Deus te encontre, saia desta caverna, enxugue suas lágrimas, pare de se esconder e mais, em vez de murmurar e se esquivar de Deus, sinta a sua pesença, ouça a sua voz chamando o seu nome, responda "eis-me aqui" e adore (Êx 3. 4, 5). Ele vai resolver o seu problema, se ao invés de temer, você crer e aceitar sua vontade.

      Lembre-se de que a fé é a matéria-prima que Deus usa para realizar o milagre (Mt 13. 58).

      Lembre-se que a fé é a base da vida cristã plena, e deve ser o sobrenome de todo crente (At 11. 26; Jo 1. 12).

      Lembre-se que a fé é a capacidade que Deus nos dá de enxergarmos no escuro e vermos o invisível (Hb 11. 1, 27).

      E nunca esqueça que a verdadeira fé vence o medo, vence o mundo, vence tudo (Jo 16. 33; 1Jo 5. 4, 5; Ap 12. 11; 17. 14).

      Existe o temor de medo e o temor da confiaça, onde a fé vence o medo (Sl 115. 11).

     Aprenda a viver pela fé, e verás a cada dia de tua caminhada a presença do Senhor contigo, para te fazer descansar (Êx 33. 14).

                                                      NÃO TEMAS, CRÊ SOMENTE!!!

Postagens mais visitadas deste blog

O Crente Tíquico

Deus existe sim! Argumentos sobre a existência de Deus.

Dúvida bíblica: Qual a diferença entre alma e espírito?